Notícias

Programa Avançado para formação de Técnicos Auxiliares de Farmácia PDF Imprimir e-mail
25-ago-2014
pataf_-_2014.jpg
Iniciam-se no mês de Setembro, em Lisboa, Porto e Coimbra, novas edições do Programa Avançado para formação de Técnicos Auxiliares de Farmácia, que visa formar colaboradores devidamente habilitados a integrar o quadro não farmacêutico das farmácias.

A formação, desenvolvida pela Escola de Pós-graduação em Saúde e Gestão, aborda as várias temáticas relacionadas com a Farmácia, tem a duração de 16 semanas (594 horas) e alterna a componente teórica-presencial com a componente teórico-prática em farmácia. Está ainda incluído o estágio curricular, não remunerado, para todos os participantes.

Para mais informações sobre este e outros programas consulte o sítio da Escola .
 
Peritos da UE querem farmacêuticos nos cuidados primários PDF Imprimir e-mail
22-ago-2014
comisso_europeia.png
Um parecer sobre cuidados de saúde primários, elaborado para a DG Saúde e Consumidores da Comissão Europeia, vem definir o conceito de «cuidados de saúde primários», incluindo os farmacêuticos no lote dos profissionais ativos nas equipas de cuidados primários. Os farmacêuticos são mencionados a par dos médicos de família, clínica geral e enfermeiros.

O parecer final é da responsabilidade de um painel independente de peritos (EXPH). O documento, que coloca especial ênfase na referenciação e no financiamento dos sistemas, foi adotado em julho, após um processo de consulta pública em que a ANF participou.

Os autores consideram que os "sistemas sólidos de cuidados primários contribuem para a equidade e melhoram os resultados em saúde”.

Neste sentido, o painel de peritos salienta que os prestadores de cuidados primários têm vindo a organizar-se em equipas ou redes, frequentemente localizadas em centros de cuidados primários ou hospitais, facilitando os processos de trabalho, a coordenação, a cooperação interprofissional e a acessibilidade à saúde.

Consulte os documentos preliminar e final AQUI 

 
OMS - Ébola PDF Imprimir e-mail
22-ago-2014
imgres.jpg
No dia 8 de agosto, a OMS declarou o estado de emergência de Saúde Pública de âmbito internacional devido ao surto de Doença por Vírus Ébola na África Ocidental.
 
A gravidade do surto deve-se não só às características do vírus, mas também às condições socioeconómicas e sanitárias observadas nos países afetados.
 
A infeção resulta do contacto direto com líquidos orgânicos de doentes (tais como sangue, urina, fezes, sémen).
 
O risco para os países europeus é considerado baixo. 
 
Até à data, não se verificou qualquer caso de Doença por Vírus Ébola em Portugal, importado ou autóctone, sendo o risco de contágio interpessoal baixo na ausência de contacto direto com fluídos corporais.
 
Portugal tem em estado de prontidão mecanismos para detetar, investigar e gerir casos suspeitos de doença por vírus Ébola, estando identificadas as unidades hospitalares de referência.
 
A Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) está preparada para responder, aconselhar e encaminhar situações que careçam de esclarecimentos complementares ou encaminhamento específico.
Para mais informação, deve consultar-se o sítio da DGS 

 
Reino Unido valoriza farmácias PDF Imprimir e-mail
22-ago-2014

1066651_tackling_health_inequalities_cover.jpg“As iniciativas de promoção de saúde promovidas pelas farmácias têm um claro potencial de contribuir para a melhoria da saúde pública” de acordo com o relatório da Royal Society for Public Health (RSPH), do Reino Unido.
 
O relatório "Combater as desigualdades em Saúde: Investir para um mercado de trabalho de saúde pública mais amplo" destaca o sucesso do modelo Healthy Living Pharmacy - que funciona como uma estrutura de intervenção a vários níveis (promoção, prevenção e proteção) na prestação de serviços de alta qualidade em farmácias comunitárias. Trata-se de um programa gerido pela NPA (National Pharmacy Association), entidade congénere da ANF.
 
A RSPH é uma organização multidisciplinar de mais de 6 mil profissionais que partilham o seu interesse pela saúde pública. 
 
Conheça o programa Healthy Living Pharmacy AQUI
a NPA AQUI ,  
a RSPH AQUI ,
e o relatório AQUI
 
Farmacêuticos decisivos na adesão à terapêutica e redução de custos PDF Imprimir e-mail
08-ago-2014

university_of_pittsburgh_tablet2.jpg
A conclusão é fundamentada num estudo da Universidade de Pittsburgh, publicado no início do corrente mês, onde se demonstra que uma maior adesão à terapêutica reduz não só o recurso às urgências e internamentos, como também baixa significativamente os custos das terapêuticas de doenças crónicas como a diabetes e a asma.
 
“Se os utentes tomarem a sua medicação de acordo com o prescrito, a diabetes ficará controlada, a tensão arterial normalizada, o colesterol baixará significativamente e, assim, os riscos de problemas graves serão minimizados. Os doentes viverão mais e poderão usufruir de uma maior qualidade de vida”, afirma a investigadora responsável pelo estudo, Janice Pringle.
 
O projeto Pensilvânia acompanhou, durante o ano de 2011, 60 mil utentes de cerca de 200 farmácias. Em metade destas farmácias foi realizado um acompanhamento proativo da adesão à terapêutica. Entre outras conclusões, registaram-se reduções médias anuais de 255€ (341 USD) nos custos dos doentes com diabetes e de 180€ (241 USD) nos doentes com medicação para o colesterol.
 
Este projeto demonstrou de forma concreta que o desempenho global dos sistemas de saúde, a sua eficiência e eficácia dependem de todos os profissionais envolvidos, e que, quando se partilham objetivos e se trabalha em equipa, os resultados são inequivocamente melhores. Mais saúde, menos custos.
 
Presidente da ANF comenta acordo com o Ministério da Saúde em artigo de opinião no jornal Público PDF Imprimir e-mail
05-ago-2014
logo_share.png

  “O acordo alcançado é muito prudente, mas também ambicioso, se formos capazes de o realizar”, escreve Paulo Cleto Duarte. O presidente defende que o reforço do papel dos farmacêuticos como profissionais de saúde é indispensável  a três objetivos: melhoria da saúde da população, controlo da despesa pública e recuperação económica das farmácias. Sobre este aspecto, Paulo Cleto Duarte divulga aos leitores a estatística atualizada relativa à crise imposta ao sector. Pode ler a crónica na íntegra aqui.


 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 1 - 6 de 92
Clube da Sara
© 2014 Associação Nacional das Farmácias